domingo, 11 de abril de 2010

DIAS DE CHUMBO II?

Fonte: O Povo - Mauri Melo

É preciso esclarecer à população que o Beco da Poeira, este patrimônio simbólico do povo pobre de Fortaleza, foi uma conquista histórica dos ambulantes liderados pela APROVACE, e não uma dádiva, ainda na época da Maria Luiza, reformado no período Ciro Gomes e Juracy, como forma de resolver os problemas sociais do Centro. Por outro lado, a Associação esteve sempre aberta para dialogar com o poder público, mas não foi ouvida.


A Prefeitura passa o "trator" sobre os ambulantes de forma "antidemocrática", beneficiando os grandes empresários do CDL no estilo elitista de governar, mas como se fosse em nome do povo.


Falta uma política pública em Fortaleza que respeite os ambulantes e suas representações, falta um projeto de desenvolvimento econômico e sustentável elaborado e executado a partir de um planejamento estratégico coletivo que considere a participação de toda a sociedade civil, e em particular dos atingidos diretamente pelas mudanças necessárias, ou seja, os ambulantes.


Infelizmente, a Luizianne repete o jeito de governar da elite, pois, revitalizar o centro significa limpar e higienizar a cidade sem o povo nele, ou se tem povo que seja subjugado, tratado como capacho, que perda seus direitos e conquistas históricas.


No mérito, o centro tem que ser revitalizado, o Metrofor tem que ser concluído, a cidade tem que ser limpa, mas não à custa do povo, e nenhum ambulante discorda da mudança, só não aceita ser tratado como "drogado, marginal, incapaz", ao contrário, o ambulante quer ser ouvido e participar até porque foi o ambulante que manteve o centro vivo, enquanto os empresários e o poder público o abandonaram.


Fortaleza se curva hoje, mas a questão dos ambulantes é tão gritante quanto o Estaleiro e a reformas habitacionais que visam à copa do mundo. Tem mais, só que por enquanto, basta!

Veja: http://aprovace.blogspot.com

3 comentários:

Valdecy Alves disse...

Olá, amig@ blogueir@. Veja em meu blog matéria sobre as DIFICULDADES DE IMPLEMENTAR O PISO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO – UMA ABORDAGEM JURÍDICA, que trata da legalidade, dos principais entraves e encaminhamentos. Blog: www.valdecyalves.blogspot.com

Leia, caso possa, a penúltima matéria sobre o IPM/PREVIFOR, falência do regime próprio dos servidores municipais de Fortaleza e suas consequências.

Valdecy Alves disse...

CONVITE: Blogueir@, bem como seguidores e seguidoras. Vcs estão convidados para o lançamento do meu livro: VIOLAÇÃO AOS DIREITOS SOCIAIS DOS SERVIDORES MUNICIPAL. MONOGRAFIA que recebeu nota 10, no meu curso de especialização em Direito Constitucional. Dia 03/12//2010, às 16:00h, na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará. Leia matéria completa em meu blog. O exemplar pode ser adquirido através dos correios.

cristiano disse...

eu quero ver no seu blogger a misericordia que é a educação, a principio eu me sinto um detendo, envergonhado por estarmos sendo roubado por governates farjutas, isso! eles de uma maneira se aproveita desse semanario que temos que aceitar e nós jogamos os jogos dele, será que esses governantes são seres desse planeta? será que são? eu estou começando a desconfiar que não, quanta desumanidade, quem gerencias as escolas, os hospitais, a segurança desse país? quem? eu vou morrer engasgado tentando gritar queime o rei, e o rei sou eu.